Sobre Gramado




A Serra Gaúcha foi habitada, desde tempos imemoriais, pelos índios caingangues. Nos séculos XVIII e XIX a região de Gramado foi desbravada por descendentes de açorianos, os chamados "tropeiros", que utilizavam a região para o descanso do gado. Os primeiros moradores da região não eram estrangeiros e teriam ali se estabelecido em 1875. Tempos após, em 1913, colonos descendentes de imigrantes alemães e italianos se estabeleceram, iniciando o povoamento. Sua denominação parece ter-se originado de um pequeno campo que ali havia e que servia de lugar de repouso.

Localizado na Encosta Inferior do Nordeste, no Rio Grande do Sul, mais precisamente na Região das Hortênsias, Gramado dista 115 quilômetros da capital do estado, Porto Alegre. Faz divisa com Caxias do Sul (ao norte), Três Coroas (ao sul), Canela (a leste), Nova Petrópolis e Santa Maria do Herval (a oeste).

Com uma economia voltada ao turismo (90% de sua receita é proveniente da atividade turística), a cidade recebe, anualmente, cerca de 6 milhões de turistas. Gramado é uma cidade marcada por muitas belezas naturais, sendo o maior polo turístico do Rio Grande do Sul e um dos mais importantes do Brasil. A cidade destaca-se como centro de grandes eventos (congressos, seminários e encontros) além de sediar anualmente um dos mais tradicionais festivais de cinema da América Latina: o Festival Brasileiro e Latino de Cinema, durante o qual são distribuídos os prêmios Kikito. Outros eventos importantes e que atraem milhares de turistas são o Natal Luz e a Festa da Colônia, uma das festividades mais integradora dos grupos que colonizaram a região – açorianos, alemães e italianos.

Entre as atrações mais visitadas pelos turistas estão o Dreamland Museu de Cera; Harley Motor Show; Hollywood Dream Cars; Salão Super Carros; Mirante Vale do Quilombo; o Lago Negro; o Lago Joaquina Rita Bier; o pórtico de entrada via Taquara; o pórtico de entrada via Nova Petrópolis; o Mini Mundo; a Cascata Véu de Noiva; a Aldeia do Papai Noel, no Parque Knorr; o Palácio dos Festivais; a Praça das Bandeiras; a rua Madre Verônica (rua coberta); a Praça Major Nicoletti; a Igreja Matriz São Pedro; o Centro de Cultura; o Museu do Festival de Cinema; a Igreja Luterana; fábricas de chocolate; entre outros.

Outro local que merece uma visita é o Museu Medieval, situado em um castelo de época que, além de exibir brasões e armas medievais, também abriga o único museu de cutelaria do Brasil, exibindo facas, espadas, adagas etc., de todas as partes do mundo.



SEGUNDA VIA BOLETO

Agência Oficial

Liga Eventos

Assessoria de Imprensa

DGBB
Congresso Brasileiro de Educação Superior Particular - CBESP
Copyright © 2011-2017 - Todos os direitos reservados
In Foco Brasil