MEC: Nota controlará abertura de polo a distância sem credenciamento

/ maio 26, 2017/ Clipping, X CBESP/ 0 comments

As visitas do governo que antes eram feitas em todos os polos no processo de credenciamento, agora serão feitas apenas na sede da instituição

O Ministério da Educação (MEC) vai permitir a abertura de polos de ensino a distância sem credenciamento prévio, mas controlará o volume de unidades que podem iniciar atividades anualmente de acordo com a qualidade da instituição.

“Vamos liberar um determinado volume de polos por ano e a quantidade vai estar relacionada à nota da instituição. Para crescer vai ser preciso melhorar a qualidade”, disse Henrique Sartori, responsável pela Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) do MEC.

As visitas do governo que antes eram feitas em todos os polos no processo de credenciamento, agora serão feitas apenas na sede da instituição. Mas, segundo Sartori, o rigor na avaliação será maior.

O indicador que será levado em consideração é o CI (Conceito da Instituição) que avalia a infraestrutura, corpo docente e o projeto pedagógico dos polos. As notas vão de um 1 a 5, sendo que as instituições com autorização para abrir polos sem credenciamento são aquelas com notas igual ou acima de 3.

Sartori pontua ainda que o número de polos abertos não será descontrolado porque o volume vai depender da quantidade de cursos autorizados que a instituição possui. Atualmente, há cerca de três mil polos de ensino a distância em operação no país.

As regras da quantidade de polos que cada instituição pode abrir devem ser divulgadas nos próximos dias por meio de uma portaria.

Fonte: Valor Econômico

Deixe um comentário